Colóquio de Alexandre Fiúza a não perder.

Entre um samba e um fado: a censura e a repressão aos músicos no Brasil e em Portugal nas décadas de 1960 e 1970

Alexandre Felipe Fiuza
Universidade Estadual do Oeste do Paraná

3 Julho 2008
18:00 – 20:00
INET Sala T2. Faculdade de Ciências Sociais e Humanas.
Universidade Nova de Lisboa

O conferencista

Alexandre Felipe Fiuza

Alexandre Felipe Fiuza é Professor Adjunto do Colegiado de Pedagogia e do Mestrado em Educação da Universidade Estadual do Oeste do Paraná – UNIOESTE/ Brasil. Actualmente prossegue o seu pós-doutoramento na Universidad Autónoma de Madrid, investigando a censura discográfica espanhola das décadas de 1960 e 1970, com uma bolsa de estudos da CAPES/ Brasil. Publicou vários artigos e apresentou inúmeras comunicações em Congressos sobre a censura e a repressão dos músicos no Brasil, em Portugal e Espanha. No campo da História publicou três livros. Nos últimos anos vem compondo letras musicais para peças de teatro da região em que vive no Paraná, em parceria com o músico Ricardo Denchuski, pedagogo e maestro da Orquestra Paranaense de Viola Caipira, da qual Alexandre Fiuza chegou a participar.

O colóquio

Entre um samba e um fado: a censura e a repressão aos músicos no Brasil e em Portugal nas décadas de 1960 e 1970

Este Colóquio aborda a censura e a repressão aos músicos no Brasil e em Portugal durante as décadas de 1960 e 1970, período em que ambos se encontravam em ditadura. Tal pesquisa foi realizada a partir da consulta e análise do material obtido junto à antiga documentação das polícias políticas, no caso brasileiro, os arquivos do DOPS – Departamento de Ordem Política e Social dos Estados, e no caso português, do Arquivo da PIDE/DGS – Polícia Internacional de Defesa do Estado/ Direcção-Geral de Segurança, sediado na Torre do Tombo, em Lisboa. No campo da Censura, foram consultados documentos no Arquivo Nacional em Brasília e no Rio de Janeiro, particularmente, do Fundo DCDP – Divisão de Censura de Diversões Públicas. Além da análise do controle exercido sobre os músicos, também foi realizada a comparação entre as canções produzidas neste mesmo período, bem como examinada, ainda que brevemente, a recepção pelo público deste mesmo cancioneiro. Mediante a apreciação da bibliografia e da realização de entrevistas com músicos portugueses e brasileiros foi estabelecida uma comparação em relação à documentação oficial encontrada nos arquivos e à versão dos músicos. Além disso, a partir desta documentação dos órgãos de repressão, foram observadas as relações entre as polícias políticas dos dois países e suas atividades de vigilância de seus respectivos exilados.

some_text

Deixe um comentário

Zeca (2)

QUEM SOMOS


disco

SER SÓCIO


LOJA


escritasdomaio

ESCOLAS


materiais

EXPOSIÇÕES

SUBSCREVER NOTÍCIAS


Categorias

Arquivo



RÁDIO AJA

Here is the Music Player. You need to installl flash player to show this cool thing!


© 2020 AJA. All Rights Reserved. Iniciar sessão - Designed by Gabfire Themes