Recordar Catarina Eufémia…

recordar catarina eufemia_AJA

Recordar Catarina Eufémia e a luta das mulheres contra a ditadura

No próximo dia 19 de Maio de 2014 assinalam-se 60 anos do assassinio de Catarina Efigénia Sabino Eufémia, uma ceifeira portuguesa que em greve de assalariadas rurais reinvidicava por pão e melhor jornas na ceifa.
Catarina Eufémia foi assassinada pelo tenente Carrajola da Guarda Nacional Republicana, em terras de Baleizão, com 26 anos, analfabeta e mãe de três filhos, um dos quais estava ao seu colo quando foi baleada.
Catarina Eufémia tornou-se um simbolo da resistência antifascista e dos/as assalariados/as rurais alentejanos/as à repressão e exploração, e simultaneamente, de emancipação da mulher portuguesa.
José Afonso demonstrou em algumas das suas cantigas que a condição das mulheres era uma sua preocupação, cantando-as, quer pela sua condição de exploradas, quer pelo seu caracter de lutadoras e guerreiras. “Cantar Alentejano” é uma homenagem a esta mulher que lutou pelo direito ao trabalho e ao pão e acabou assassinada pelo regime fascista.
O Núcleo da Associação José Afonso Região de Aveiro e a Universidade Aberta – CLA de Cantanhede, convida a participarem na Tertúlia Recordar Catarina Eufémia e a luta das mulheres contra a ditadura, com a participação do companheiro Adelino Sobral (guitarra e voz) e do Grupo Poético de Aveiro, no dia 17 de Maio de 2014, às 16 horas na Casa dos Bugalhos em Cantanhede.
Vamos recordar Catarina Eufémia e todas as mulheres que lutaram contra o regisme fascista!

Venham… e tragam outro/a Amigo/a também!
O Núcleo da AJA Região de Aveiro

some_text

Deixe um comentário

Zeca (2)

QUEM SOMOS


disco

SER SÓCIO


LOJA


escritasdomaio

ESCOLAS


materiais

EXPOSIÇÕES

SUBSCREVER NOTÍCIAS


Categorias

Arquivo



RÁDIO AJA

Here is the Music Player. You need to installl flash player to show this cool thing!


© 2019 AJA. All Rights Reserved. Iniciar sessão - Designed by Gabfire Themes