O disco "Baladas e canções" não será reeditado?

A editora EMI – retirou de catálogo este título de José Afonso.
Não dizem quando voltarão a editá-lo.
Não é considerado suficientemente atractivo em termos financeiros!
some_text

4 Comentários para “O disco "Baladas e canções" não será reeditado?”

  1. Si hay firmas que o soliciten ou algen compre os dereitos, seguro quesi, pero asi por asi non creo as empresas so entenden de $, €, todo se basa na economia, eu o compraria dende logo

  2. Mais uma razão para reeditar toda a obra do Zeca, numa só caixa. Mas, para isso, teria de haver uma acção concertada das editoras que detém os seus direitos de edição (royalties) dos herdeiros e da AJA. De outra forma, será difícil evitar o desaparecimento progressivo da discografia existente, o que seria uma pena…
    Proponho, desde já, iniciarmos uma campanha com vista a reeditar a obra total de José Afonso. Aceitam-se sugestões!

  3. Eu li algures que o Zé Mário queixava-se das editoras terem os discos nos armazéns e não nas lojas.

    Neste caso (em que o resultado é o mesmo) isto poderá estar relacionado com o fim da EMI no nosso país. (Fugiu para Espanha, não foi?)

    Ou, acreditemos no mal menor, para integrarem este seu primeiro álbum (de 64, não o esqueçamos) na tal edição – que ainda espero que saia – de coisas que por essa altura gravou e que nunca foram editadas.

    A ver vamos.
    Mas sim, é inquestionável e devia ter financiamento do Ministério da Cultura (sei que quando se pede não se deve dizer mal, mas… já que o Estado, ou aqueles que por ele se fazem passar, não nos respeitando, gostam tanto de arranjar negociatas com os privados!) a edição da sua obra completa. Caramba! se investem não sei quanto dinheiro para trazer discos da Inglaterra, porque não investir muito menos e tornar a sua obra acessível a todos? Disponibilizá-la pelas bibliotecas deste país, para que todos saibam que José Afonso existiu. Tal como se sabem (saberão?) que Camões, Pessoa e muitos outros existiram, deixando uma obra de enorme valor cultural.

    Abraço.

  4. Concordo que deverá ser editada toda a obra do Zeca. Acho que esse património, que anda disperso e cujas matrizes não se sabem a quem pertencem deve, urgentemente ser recolhido, tratado e publicado.

Deixe um comentário

Zeca (2)

QUEM SOMOS


disco

SER SÓCIO


LOJA


escritasdomaio

ESCOLAS


materiais

EXPOSIÇÕES

SUBSCREVER NOTÍCIAS


Categorias

Arquivo



RÁDIO AJA

Here is the Music Player. You need to installl flash player to show this cool thing!


© 2020 AJA. All Rights Reserved. Iniciar sessão - Designed by Gabfire Themes