(Lisboa) Teatro “Feridas de Guerra”, no dia 16 de abril, no núcleo da AJA

Convite_16abr2019
A guerra. Que guerra? – a guerra.
Falar da guerra, não falar da guerra.
Viver a guerra, não ter vivido a guerra.
O que pensa da guerra?
Como falar da guerra sem ter vivido a guerra?
A guerra, realidade, presença, ainda que indirecta, ainda que longínqua. Memória, evocação do vivido ou do não vivido. Conhecido.
«A guerra tudo destrói»Grupo de Teatro do CASSB
António Wassé, Carla Henda, Carlos Carvalho, Humberto Tavares, João Paulo Alves, José Carlos Pereira, Manuel Gonçalves, Manuel Ribeiro, Orlando Henriques, Osvaldo de Jesus, Paulo Pinheiro, Rosa Alves, Soraia Moreira, Zeferino Aires

Música Miso Ensemble
Canção Diana Dionísio e Pedro Henriques
Adereços Manuel Ribeiro, Paulo Pinheiro e Zeferino Aires
Direcção Graça Costa
Agradecimentos João Pinto Nogueira, Maria Luíz e Casa da Achada

Centro de Apoio Social de São Bento – SCML
Rua de São Bento Nº 140 – Lisboa

Entrada – 5 AJAS

Banner_16abr2019
some_text

4 Comentários para “(Lisboa) Teatro “Feridas de Guerra”, no dia 16 de abril, no núcleo da AJA”

  1. nas ESCOLAS há desencanto
    nos HOSPITAIS sobram filas
    portas fechadas – portanto
    há que voltar a ABRIL-as

  2. SE AS PORTAS QUE ABRIL ABRIU
    estivessem todas abertas
    ninguém morria de frio
    e as coisas batiam certas

  3. DÁS OLIVEIRA FRUTOS …
    poema meu musicado por Fernando Lopes Graça

    interpretação Grupo Coral de QUELUZ – pode ver / ouvir em YOUTUBE

  4. de CRAVO vermelho ao peito
    sai à RUA o “democrata”
    não gosta mas dá-lhe jeito
    o raio da vida é ingrata

Leave a Reply to António Saias

Zeca (2)

QUEM SOMOS


disco

SER SÓCIO


LOJA


escritasdomaio

ESCOLAS


materiais

EXPOSIÇÕES

SUBSCREVER NOTÍCIAS


Categorias

Arquivo



RÁDIO AJA

Here is the Music Player. You need to installl flash player to show this cool thing!


© 2019 AJA. All Rights Reserved. Iniciar sessão - Designed by Gabfire Themes