(Lisboa) 8º aniversário do Núcleo de Lisboa da AJA

Banner 11jan2020

Convite_11jan2020

DIA 11 – 18:OOH em Lisboa, na AJA Lisboa, Rua de S. Bento,170

Vamos festejar o 8° aniversário do Núcleo em dois momentos :

DIA 10 – Concerto “Semeadores de Utopia” com Couple Coffee e convidados;

DIA 11 – Apresentação por Nuno Pacheco do livro LUGARES DE JOSÉ AFONSO NA GEOGRAFIA DE SETÚBAL de Albérico Afonso Costa;
Um momento musical com João Maria Pinto e Ana Picoito;
Lanche partilhado entre todos.

Alguma notas sobre o livro:
JOSÉ AFONSO EM SETÚBAL | A ideia e a edição pertencem à Associação José Afonso, que disponibilizou material documental e colaborou na concepção.
Albérico Afonso Costa coordenou e fez a história da passagem de José Afonso pela cidade para este roteiro – LUGARES DE JOSÉ AFONSO NA GEOGRAFIA DE SETÚBAL.
A edição tem o apoio do Município de Setúbal e do Instituto Politécnico de Setúbal.
A DDLX Design Comunicação Lisboa concebeu graficamente a publicação.

Notas sobre os participantes:
Albérico Afonso Costa
Nasceu em Setúbal, em 1951. É licenciado em História, pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa (1981), mestre em História dos Séculos XIX-XX (2001) e doutorado em História Cultural e das Mentalidades Contemporâneas, pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa (2007).
Atualmente, exerce funções docentes na Escola Superior de Educação de Setúbal, é investigador integrado no Instituto de História Contemporânea da FCSH-UNL e membro da Network for Studies on Corporatism and the Organized Interests (NETCOR). Tem participado e coordenado diversos trabalhos de natureza científica e pedagógica no âmbito do Ensino Superior Politécnico, tendo livros publicados e colaborado em revistas da área da história, formação de professores e formação profissional.
Livros publicados de que é autor ou coautor
O Congresso Republicano de Setúbal: o republicanismo entre a revolução e a ordem
Setúbal, cidade vermelha: sem perguntar ao Estado o caminho a tomar (1974-1975)
Setúbal sob a Ditadura Militar (1926-1933)
F.P.A., a fábrica leccionada: aventuras dos tecnocatólicos no Ministério das Corporações
Setúbal
Salazar e a Escola Técnica: a reforma tolerada num regime intolerante
História e cronologia de Setúbal (1248-1926)
Casas Religiosas de Setúbal e Azeitão
Memória sobre a história e administração do município de Setúbal
O sistema de formação e formadores
Portugal, 1914-1916: da Paz à Guerra

Nuno Pacheco
Nasceu em Lisboa, em 1955. Iniciou-se no jornalismo em 1977, no semanário Voz do Povo. Integrou os quadros do semanário Expresso de 1981 a 1989. Cofundador, em 1989, do diário Público, do qual foi diretor-adjunto até 2016, é atualmente um dos seus redatores-principais. Foi distinguido, em 2018, com o prémio de Jornalismo Cultural pela Sociedade Portuguesa de Autores.

João Maria Pinto
Ator e músico, conheceu e trabalhou com Zeca.
Com uma extensa carreira em televisão e em cinema. No teatro trabalhou em inúmeras peças como “Querido Che”; “Navio dos Rebeldes”; “Balada do Café Triste”; “Sebastião Menino Rei”; “O Homem Que Via Passar as Estrelas”; “Rinoceronte”; “Macbett”; “A Cantora Careca”; “Liberdade em Bremen”; “Pimenta, Cravo e Canela”; “O Menino de Sua Mãe”; “Margarida do Monte”, entre outros.

Ana Picoito
Encenadora no Teatro Quarto Crescente.
Estudou na Escola de Música do Conservatório Nacional onde fez o Curso Superior de Educação pela Arte· Estudou Psicopedagogia das Expressões Artísticas e Expressão Dramática I,II e III
Fez parte do GAC (Grupo de Acção Cultural), onde cantou.
Uma vida de cantigas, palavras e teatro. Privilegiada pela vida por ter privado com o nosso Zeca!

DIA 10 – 19:00H em Lisboa, Auditório do Liceu Camões, Rua Almirante Barroso, 25 A

Banner 10jan2020_Concerto

CONCERTO SEMEADORES DE UTOPIA

AUDITÓRIO DO LICEU CAMÕES | 10janeiro2020| 19H
CUSTO DOS BILHETES 10.00€

Venda de bilhetes:
1. ONLINE |TRANSFERÊNCIA BANCÁRIA | IBAN – PT50 0036 0052 99100329631 47 |LIMITE: 24:00H 08jan2020
2. Sede do Núcleo de Lisboa da AJA |Rua de S. Bento | 170 | LIMITE: 19:00H 09jan2020
3. Auditório do Liceu Camões |Rua Almirante Barroso |25 A |A PARTIR DAS 17:00H 10jan2020

Notas:
1. Na compra online deve ser indicado o nome completo de quem faz a transferência e de quem levanta os bilhetes, e o comprovativo enviado por email para ajalisboa.comunicacao@gmail.com, com assunto –COMPRA DE BILHETES CONCERTO 10jan2020.
2. As transferências efetuadas após as 24:00H do dia 08jan2020 não serão consideradas.
3. Os bilhetes comprados online podem ser levantados no auditório, no dia do concerto, a partir das 18:00H.

SEMEADORES DE UTOPIA
45 anos do 25 de Abril x 2 (Alípio + Zeca) = 90 anos
Nesta equação em que a Matemática se liberta do seu rigor formal e transmite as emoções que também os números são capazes de revelar, faz-se a evocação desse dia memorável, perfeito e esperançoso, que nos devolveu o bem mais precioso inerente aos seres humanos – a liberdade!
Multiplicando esse número por dois, e atribuindo ao número 2 o nome de dois Homens, eles próprios arautos dos valores de Abril – Alípio de Freitas e José Afonso – essa data, 45 vezes evocada, 45 vezes mostrada às gerações futuras, resulta em 90 anos, número de aniversários desses dois seres mensageiros de liberdade.
Já passou a data, já outros concertos se realizaram, mas achamos que podemos continuar na senda desta evocação acrescentando mais um ano tanto aos Semeadores como ao campo semeado.
Zeca Afonso procurou sinais de fumo, invocando uma civilização pura e antiga que o guiasse nos caminhos da Utopia, demandando cidades sem muros e gente igual por dentro e por fora.
Nessa senda cruzou-se com outro homem, de nome Alípio de Freitas, que seguia os mesmos sinais de fumo, que olhava nos olhos e não negava o sorriso e a palavra forte e justa, e que, lá
longe, do outro lado do mar, lutou e sofreu pela construção do sonho de um mundo novo, sempre a caminho da Utopia.
Caminharam por várias rotas, cada um a seu modo, mas com a mesma esperança, a mesma vontade de mudar e refazer o mundo, e, acima de tudo, de impedir que a humanidade se desfaça pela insensatez, pela ganância, pela crueldade.
Estes dois homens tornaram-se irmãos pela compaixão que os unia, cúmplices na acção, amigos para o resto da vida, ficando sempre juntos nas margens do rio de onde podiam vislumbrar, se não de outro modo, pelo coração, as gaivotas que apontavam o Oriente. Nasceram no mesmo ano e ambos já partiram, recolhendo-se à constelação da Utopia, de onde continuam a apontar-nos os caminhos da solidariedade universal. Então perguntamos também: Que outro fumo deveremos seguir, na nossa rota? Que outro fumo, Zeca? Que outro fumo Alípio? Sendo Alípio e Zeca semeadores de uma mesma Utopia consideramos que se deviam, de algum modo, evocar em conjunto estes dois homens, pelo que o Duo Couple Coffee aceitou o repto e propõe-se continuar a homenagear Alípio de Freitas e José Afonso, através da música e da poesia que ambos amavam.
Guadalupe Magalhães Portelinha

Couple Coffee é o casamento musical de Luanda Cozetti e Norton Daiello.
Filha de revolucionários (Alípio de Freitas e Wanda Cozetti), Luanda nasceu no Brasil, Rio de Janeiro, e viveu também na Guiné Bissau e em Portugal. Norton nasceu no Sul do Brasil, viveu vários anos no Rio de Janeiro, depois Estados Unidos da América e, desde há uma década, estão em Portugal.
São duo cafeinado, energizante, que transforma o som em música, em pura arte. Ela faz tudo o que quer com a voz. Ele sola, acompanha, e mais do que isso: o seu baixo canta. Dessa alquimia resulta uma música singular, original e sofisticada. A comunicação com o público é imediata. Não há quem fique indiferente a estes músicos, tão virtuosos quanto originais. No seu trabalho há paixão, há uma forma única de saciar a sede do público a nível mundial. Luanda Cozetti, cantora platina com o projeto Rua da Saudade, e Norton Daiello, um dos mais conceituados baixistas a viver em Portugal, formaram os Couple Coffee em 2005. Até agora editaram cinco CDs. Em 2005, com a formação de duo, estrearam com o CD PURO. Em 2007, ampliaram o projeto. Com o guitarrista Sergio Zurawski e o conceituado percussionista Ruca Rebordão criaram a Couple Coffee & Band. Com esta formação gravaram os CD Co’as Tamanquinhas Do Zeca! (2007), Young And Lovely – 50 Anos De Bossa Nova (2008), Quarto Grão (2010) – cujo tema, Luandando, foi galardoado com o Prémio Grão de Música em São Paulo, Brasil, em 2015. Em 2017 editaram o CD Fausto Food. Atualmente, encontram-se a gravar o seu 6º álbum.

VEM E TRAZ UM AMIGO!

Comunicação

AJA Núcleo de Lisboa

Tel:211 318 290

Rua de S.Bento,170

1200 – 821 Lisboa

ajalisboa.comunicacao@gmail.com

some_text

Deixe um comentário

Zeca (2)

QUEM SOMOS


disco

SER SÓCIO


LOJA


escritasdomaio

ESCOLAS


materiais

EXPOSIÇÕES

SUBSCREVER NOTÍCIAS


Categorias

Arquivo



RÁDIO AJA

Here is the Music Player. You need to installl flash player to show this cool thing!


© 2020 AJA. All Rights Reserved. Iniciar sessão - Designed by Gabfire Themes