…olha enfia a carapuça…

Escreveu-me Assis Pacheco, também já falecido no 10º aniversário da morte do Zeca em 1987: ” O Zeca morto começa a ser pasto para a vampiragem oratória, e nalguns casos é óptimo, oportuno, bem-vindo investimento emocional. Eu também suspeitava que isto ia acontecer.” ( fim de citação) Rui Pato

Ensaios na «Brasileira»

Conheci o Zeca nos meus 16 anos, tinha ele 33, já licenciado em Letras, a leccionar em Mangualde, mas aproveitando todas as folgas para vir a Coimbra, ansioso por mostrar aos amigos as suas últimas baladas. Até essa altura, a sua actividade musical tinha sido, na década de 50 e princípio da de 60, a […]

Zeca (2)

QUEM SOMOS


disco

SER SÓCIO


LOJA


escritasdomaio

ESCOLAS


materiais

EXPOSIÇÕES

SUBSCREVER NOTÍCIAS


Categorias

Arquivo



RÁDIO AJA

Here is the Music Player. You need to installl flash player to show this cool thing!


© 2019 AJA. All Rights Reserved. Iniciar sessão - Designed by Gabfire Themes