Memórias portuguesas da Guerra Civil espanhola

MARIO CORREIA_

O Núcleo da Associação José Afonso Região de Aveiro tem o prazer de apresentar a sessão:

Memórias portuguesas da Guerra Civil Espanhola

As novelas históricas  “Pairavam  Abutres nas Arribas” e “O que é feito do Pastor João?”  de Mário Correia, que nos remetem para as redes de solidariedade das gentes raianas no período da Guerra Civil Espanhola e da Ditadura Portuguesa, apresentadas por Manuel Ferreira Rodrigues no dia 28 de Fevereiro, às 16 horas, na União de Freguesias Glória e Vera Cruz – Polo da Vera Cruz, Largo Capitão Maia Magalhães, serão um excelente pretexto para uma boa conversa com o autor sobre as relações entre Portugal e Espanha durante este sangrento conflito.

Em Fevereiro de 1936 a Frente Popular vence as eleições em Espanha: socialistas, comunistas, anarquistas e independentistas uniram-se para derrotar a direita e a extrema-direita. Esta vitória eleitoral desencadeou um processo revolucionário de ocupação de latifúndios, colectivização de minas, indústrias e transportes.   

Em 17 de Julho de 1936, a extrema-direita comandada pelos generais Sanjurjo, Mola e Franco, apoiada pelos governos fascistas da Alemanha, Itália e Portugal, põe em marcha uma sublevação militar que provocou a Guerra Civil Espanhola. 

A Frente Nacional fascista teve o apoio logístico, diplomático e material, desde o início do conflito, do Governo de Salazar e financiamento da Banca portuguesa.

Contamos com a vossa presença!

O Núcleo da Associação José Afonso Região de Aveiro

some_text

Deixe um comentário

Zeca (2)

QUEM SOMOS


disco

SER SÓCIO


LOJA


escritasdomaio

ESCOLAS


materiais

EXPOSIÇÕES

SUBSCREVER NOTÍCIAS


Categorias

Arquivo



RÁDIO AJA

Here is the Music Player. You need to installl flash player to show this cool thing!


© 2020 AJA. All Rights Reserved. Iniciar sessão - Designed by Gabfire Themes