“Terra do Zeca” | Concertos

Novas vozes convidadas e um alinhamento reforçado com cinco temas são as principais novidades dos Terra d’Água ao vivo para 2008, na transposição a palco do seu álbum de tributo a José Afonso.

Integrados nas comemorações do 25 de Abril, dois concertos com convidadas especiais:

A 24 de Abril, em Águeda (Cine-Teatro São Pedro, 21h30), os Terra d’Água sobem a palco com Joana Amendoeira, Maria Anadon e Nancy Vieira.

A 25 de Abril, em Palmela (Cine-Teatro São João, 21h30), Joana Amendoeira e Maria Anadon “amadrinham” Diana Castro, a nova cantora residente dos Terra d’Água.

Ambos os espectáculos contarão com a presença especial de Joana de Oliveira, actriz, letrista e declamadora que escreveu, propositadamente para estes dois concertos, um poema dedicado a Zeca Afonso.

O registo gravado de “Terra do Zeca”, álbum de tributo a José Afonso pelos Terra d’Água, de Davide Zaccaria, contou com um elenco único de cantoras – Dulce Pontes, Uxía, Lúcia Moniz, Maria Anadon e Filipa Pais. E também, na verdade, potencialmente irrepetível: desde início, a transposição integral do disco a palco provou ser quase impossível, tendo em conta a dificuldade de encontrar convergência nas agendas de cinco cantoras bastante disputadas a solo.

Por isso, os espectáculos ao vivo de “Terra do Zeca” foram “reformatados” para combinações diferentes de duas, três, ou mais vozes. Assim, Maria Anadon e Filipa Pais serão as cantoras formalmente residentes, sem prejuízo de outras vozes, como sucedeu, ao vivo, no ano passado, com Mafalda Arnauth e João Afonso. Em 2008, o “projecto aberto” que é esta “Terra do Zeca” volta a apresentar novas colaborações pontuais: Joana Amendoeira e Nancy Vieira.

“Novos” são também alguns dos temas de José Afonso interpretados pelos Terra d’Água, agora redistribuídos para poderem ser interpretados por qualquer uma das combinações de cantoras em palco. Para além dos presentes no álbum – entre os quais se contam “Eu dizia”, “Canção de Embalar”, “A Morte saiu à Rua” ou “Verdes são os Campos” – cinco novas interpretações completam o repertório ao vivo: “Lá no Xepangara”, “Os Índios da Meia-Praia”, “Menino do Bairro Negro”, “menino d’oiro”, e ainda o emblemático “Venham Mais Cinco”.

Lançado em 2007, o álbum “Terra do Zeca” pretende homenagear uma vertente “despolitizada” da música e poesia de José Afonso. Segundo Davide Zaccaria, mentor do projecto, “trata-se de um conjunto de canções que pertencem ao imaginário colectivo, e que são uma fonte de inspiração para muitos artistas”. Este é o segundo trabalho dos Terra d’Água, depois da edição, em 2004, de “Viagem de um Som”.

O próximo álbum dos Terra d’Água, já com a nova formação e a voz de Diana Castro, deverá sair no final deste ano e continuará a cruzar a matriz da música portuguesa de raiz tradicional com as novas tendências da pop e da world music.

some_text

Deixe um comentário

Zeca (2)

QUEM SOMOS


disco

SER SÓCIO


LOJA


escritasdomaio

ESCOLAS


materiais

EXPOSIÇÕES

SUBSCREVER NOTÍCIAS


Categorias

Arquivo



RÁDIO AJA

Here is the Music Player. You need to installl flash player to show this cool thing!


© 2019 AJA. All Rights Reserved. Iniciar sessão - Designed by Gabfire Themes